Um já tem experiência em Seleção Brasileira de karate, o outro, marca sua estreia defendendo as cores do Brasil em torneios internacionais. Diego Pereira, pela categoria Sub-21 até 84 quilos e Eduardo Oliveira, pela Sub-14 até 40 quilos, são os representantes da Associação Blumenau de karate/Barão/Arawaza/Norte Shopping/Neumarkt Shopping/Ipiranga/SME Blumenau, no Campeonato Sul-Americano Sub-14, Cadete, Júnior, Sub-21 e Sênior, no Ginásio Voltaire Paladines, em Guayaquil, no Equador.

A dupla carimbou o passaporte nas suas respectivas categorias – durante a Seletiva Nacional no final de março, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (CE). O torneio sul-americano, que disputado entre esta quarta-feira, dia 20 e sábado, dia 23 de abril, com 123 atletas representando o Brasil.

Vanderlei de Oliveira, que faz parte da comissão técnica da Seleção Brasileira de Kasrate, como técnico da categoria Sub-14, está confiante em uma boa participação da delegação brasileira, como também dos dois representantes blumenauenses em Guayaquil. Na sua avaliação, o grupo que vai defender o Brasil é competitivo e apresenta boa qualidade técnica. “Os atletas foram definidos por meio da Seletiva de Caucaia. A CBK trabalha nesse formado desde 2013 e tem dado bons resultados”, comenta Vanderlei.

Retrospecto

A dupla de Blumenau que carimbou o passaporte para o Equador espera manter as boas participações dos atletas da ABK/SME Blumenau nas edições anteriores do torneio, quando foram medalhistas, por exemplo, com Camily Teixeira, Vitória Leite e Luísa Klettenberg. “Os dois atletas são disciplinados e ambos estão focados na competição e espero por bons resultados”, comenta Vanderlei.

Diego, que passou na atual temporada a disputar pelas categorias Sub-21 e Sênior, vem de bons resultados. Na primeira etapa do Estadual Ranking A, por exemplo, disputada em março, o blumenauense conquistou a sua primeira medalha de ouro pela Sênior. Na Seletiva, Diego participou de ambas as categorias, tendo chegado na fase final pela Adulto.

Já o Eduardo, que faz sua estreia defendendo a Seleção Brasileira de karate – em uma competição internacional, vem de uma sequência de conquistas. Além da Seletiva Nacional, em novembro de 2021, o blumenauense foi medalha de ouro na sua primeira participação da Olimpíada Estudantil Catarinense defendendo Blumenau. Em dezembro, sagrou-se bicampeão do Campeonato Brasileiro.